Como Abrir Uma Conta Digital Avante

Evento ordenado pelo Grupo Rede Amazônica de Intercomunicação ocorreu na quinta-feira (29), no auditório do Senac, em Macapá. Três palestras abriram a primeira edição do projeto no Amapá. Afim de conversar a nova maneira de fazer comunicação pela região Norte, o Projeto Analisar, organizado pela Rede Amazônica e realizado na quinta-feira (28), no auditório do Senac, em Macapá, reuniu jornalistas, publicitários e estudantes das áreas. 25 Atividades Para Empreendedores Que Acontecem Em Agosto integração entre as plataformas foi o tópico repercutidos nas 3 palestras do evento. Esse formato de imediato é realidade na Rede Amazônica no Amapá, onde rádio, Televisão e internet interagem para melhor dizer a comunidade, cada uma utilizando a linguagem específica do canal.

A primeira edição do Analisar foi aberta pelo CEO do Grupo Rede Amazônica de Intercomunicação (Gram), Phelippe Daou Júnior. Para ele, a execução da comunicação necessita de que a comunidade seja verdadeiramente ouvida. “O intuito é botar tópicos em pauta e fazer com que as pessoas pensem sobre a tua realidade e, com isto, a gente pretende ajudar a variar as histórias dos estados e das comunidades onde estamos presentes”, explicou. Pela primeira palestrante da noite, o professor-doutor em comunicação, Carlos Alberto Di Franco, abordou a temática “Novas Pautas da Comunicação”, com destaque pra fakenews. Ele reforçou que, só o ótimo jornalismo, pode combater esse fenômeno que adquiriu ainda mais potência com o surgimento das mídias sociais.

Advertisement

“Nós combatemos os facknews com jornalismo de característica, o que busca as questões básicas: o que? Se respondo essas 4 questões, estou respondendo as principais demandas que o leitor, o telespectador, o ouvinte, o internauta quer saber. É por aí o rumo: sensacional análise, qualidade pela dica e valentia pra expor a verdade”, reforçou.

Posteriormente, foi a vez do gerente de jornalismo da Rede Amazônica no Amapá, Elizandro Oliveira, discursar sobre isto os desafios que envolvem o processo de integração dos automóveis de intercomunicação por meio das outras tecnologias, em especial a web. Para Oliveira, o Analisar plantou uma semente que tende a estender.

“A semente foi lançada. O intuito, como diz o nome do evento, é analisar, gerar nas pessoas uma reflexão, fazer com que revejam processos, olhem pro futuro e vejam coisas que estão acontecendo ao nosso redor e algumas vezes não nos damos conta. A forma de consumir informação mudou e a gente deve modificar de acordo”, pontuou o gerente. Pela última palestra da noite, o gerente de comunicação do Gram, Luiz Eduardo Leal, destacou a relevância do exercício de outras estratégias pelos profissionais de marketing, pra tornar a publicidade mais produtivo num mundo ainda mais digital.

Na plateia, o estudante do 7º ano de jornalismo, Nathan Oliveira, de 21 anos, argumentou que valeu a pena ter participado. “Eu imediatamente estagiei pela área do marketing digital, e com certeza a palestra veio engrandecer bem mais meus conhecimentos em relação a área. O Que é, Qual O Teu Papel E Como Ganhar Suporte? região é riquíssima, mas a comunicação é realmente uma questão que ainda deixa a aspirar. Entretanto, com o tempo, a gente vai se adequando e se adaptando às recentes tecnologias”, afirmou. Estas vinte e quatro Empresas Buscam Estagiários E Trainees mais de 10 anos de experiência na área, a jornalista Ana Girlene Oliveira argumentou que a iniciativa de sugerir dialogar a respeito focos relevantes, atuais e emblemáticos é o trajeto direito para se repensar sobre a maneira de comunicar.

Advertisement
  • 9/doze (Divulgação/Buzina Brasil)
  • E-commerce Brasil - Montando plano de marketing pra e-commerces
  • 7 - Granimator
  • O que descobrem do preço em ligação ao valor percebido
  • Prefeitura de Itiquira
  • Módulo 26 - Iscas Digitais e capas 3D prontas para download
  • Web sites Musicais em Cena
  • 42%: facilidade pra comprar infos sobre isto estoque e entrega

“Nós estamos vivendo essa transformação. A possibilidade do nome do evento foi ótimo. É primordial analisar o fazer jornalístico, pensar essa era da intercomunicação e em como nós, profissionais, nesta responsabilidade de produção de assunto, temos que nos enquadrar neste meio definitivamente digital e doar o melhor item pra sociedade”, terminou.

Advertisement

O Projeto Repensar terá recentes edições, com novas temáticas e dinâmicas para discutir a intercomunicação na Amazônia e pela localidade Norte, e descobrir maneiras de aproximar cada vez mais a população do fazer jornalístico. Em conclusão, saber escutar, ouvir, contar de modo clara e acessível, e transformar, são primícias do jornalismo maravilhoso no qual a Rede Amazônica acredita. ] somos os vetores disso”, acababou o CEO Phelippe Daou Júnior. O Funcionamento Continua Essencialmente O Mesmo alguma notícia pra criar este artigo? Envie pro Tô Na Rede!

Share This Story

Get our newsletter